4.11.2015

| a explicação simples da vida*


silêncio a falar a língua da claridade numa voz de manhãs. 
um som ou alguma coisa verdadeira. 
 tudo isto e nada disto era a música.*


*josé luís peixoto

Sem comentários: