3.04.2015

{feliz aniversário, minha mãe tão linda... ♥}


se me perguntarem o que é ser mãe, não saberei responder. apesar de já ter sido chamada de mãe, nunca o fui e também não o serei. ser chamada de mãe foi, somente, um efeito secundário ternurento, dessa profissão linda que exerci, há alguns anos.

se me perguntarem o que é ser mãe, não saberei responder mas saberei responder, se me perguntarem o que é ser filha.

ser filha é estar num quarto escuro com tons de vermelho, com um pano dessa mesma cor, por cima do candeeiro da mesinha de cabeceira. afasta o bichinho que provoca o sarampo, disse-me. então, está bem, respondi. lembro-me de ter ficado nesse quarto, durante algum tempo. nunca aborrecida, contudo. todos os dias, a minha mãe oferecia-me um miminho especial. para afastar a tristeza,  -explicava - por não poderes ir brincar com os teus amiguinhos. lembro-me de um conjunto de chá, em loiça, pequenino... tão pequenino...

ser filha é isso. ter recordações doces com esta. ser mãe deve ser único, sim... mas, ser filha... é de certeza.

Sem comentários: