2.15.2015

| pausa nas mudanças...


existem momentos, em que a prioridade deixa de ser a casa, o trabalho, o outro. existem alturas na vida, em que a prioridade somos nós. como já aqui disse, há algum tempo, não se trata de egoísmo, apenas, auto-estima, auto-preservação.

nesses momentos, o espelho torna-se num poderoso aliado. contudo, quando esse exercício diário começa a ser insuficiente, transformando a fadiga, a tristeza, a dor e o desânimo em roupa do dia-a-dia, a vida pede pausa.

pausa para nutrir a alma. sintonizar a nossa voz interior e identificar o que é que nos faz sentir inteiros, ligados ao universo. re-conectar com a nossa criança interior, re-conectar com a nossa mãe terra. re-encontrar, em nós, o que nos dá paz, força, conforto e harmonia.

as mudanças estão, praticamente, concluídas. as limpezas, feitas e os moveis, montados. faltam umas coisitas aqui e ali... mas, sim. as mudanças estão, praticamente, concluídas.

e, por isso - e, por tantas outras razões - a pausa urge. para descansar, para nutrir a alma...  porque este "regresso à casa da partida" abalou as fundações de uma vida inteira.

esta semana que entra, será para isso mesmo: "re".

re-flectir. re-conectar. re-abastecer. re-construir... para re-começar ♥