10.29.2014

{como o rio que passa}


@ cheires 
relevar. deixar ir. deixar fluir, como o rio que passa. abrandar. escutar o que dizemos a nós mesmos. ser. perceber que os troncos que aparecem no nosso leito são apenas momentos. não nos impedem de continuar. não nos limitam a esperança. porque, independentemente de qualquer tronco, mesmo daqueles que nos obrigam a parar. a parar, por momentos. mesmo esses troncos, são importantes para o nosso propósito.

Sem comentários: