9.01.2014

| um [re]começo com sabor a férias de verão ☀


agosto é, naturalmente, um mês dedicado às férias, ao descanso, ao sossego: parar, respirar, descansar, dormir, passear são os verbos típicos do mês de agosto. o meu agosto, contudo, teve verbos como arrumar, organizar, encaixotar, pintar, limpar, mudar, carregar. com a excepção da pintura, estes verbos todos ao quadrado.

foi um mês cansativo mas, decididamente, o melhor mês do ano deste ano que, em breve, termina. um salto para o vazio, um salto de fé. arregaçar de novo as mangas e voltar à estaca zero. porque há os que se queixam do vento. os que esperam que ele mude. e os que procuram ajustar as velas.

muita estrada percorrida, a mudança de uma vida inteira. mas não só. não basta de mudar de casa, de cidade ou, até de país, se nada se alterar no nosso íntimo. desejar mudar não é suficiente: é necessário desejar uma nova atitude perante a vida, perante os outros, perante si mesma.

durante este agosto que passou e apesar do [tanto] trabalho, houve tempo para mim, para me olhar nos olhos, escutar-me, sentir o meu coração... para tentar perceber quem, afinal, sou eu. outra tanta estrada percorrida... incrível, o quanto aprendemos, sobre nós mesmos, quando nos propomos, genuinamente, a tal.

dediquei o dia de hoje, à preparação desta segunda fase [de um conjunto de várias, antes da fase final deste projecto, que irá culminar no regresso definitivo à cidade que já me acolheu]. e nada melhor que um [re]começo com sabor a férias de verão. na baía de cascais, claro. porque é o meu refúgio - apesar dessa multidão que encontro sempre. hoje foi difícil encontrar um espaço para a toalha, mas encontrei. enterrei os pés na areia, deixei as ondas me embalarem... senti todo o amor que mãe terra tinha para me dar. recebi com carinho e com o mesmo amor, retribuí toda a minha gratidão.

hoje, o dia teve sabor a mar.

amar...

william g. ward*

Sem comentários: