8.31.2014

{das pessoas especiais...}


quando eu lhe digo que toda a bondade destinada à nossa família, foi concedida à nani, responde-me, humildemente, que eu estou a exagerar. sim, é verdade que existem mais pessoas genuinamente boas, na nossa família... mas, não como ela.

a forma como se dá às pessoas - sem perguntas, sem dúvidas, sem quaisquer exigências... sim, existem mais pessoas genuinamente boas, na nossa família. mas a nani é especial. sempre foi, desde que nasceu.

lembro-me dela, pequenina, sempre tão doce, tão meiga. cresceu e tornou-se uma pessoa excepcional, única. quem a conhece sabe que não estou, de modo algum, a exagerar. quem a conhece sabe o que ela faz pelos os outros, o que ela luta para ajudar os que a rodeiam.

em breve, a minha nani regressa a moçambique, onde tem estado a trabalhar, há algum tempo. longe [tão longe] do conforto e da fartura, a que estamos habituados, a nani faz a diferença. a vida, em moçambique não é fácil. isso, já sabemos... ou melhor, imaginamos. sim... imaginamos, porque não estamos lá, não sofremos na pele, o que sofre, quem lá vive.

e foi para este país, que a minha nani resolveu ir. entregou-se a um projecto que teria morrido, se no momento em que as dificuldades se tornaram insustentáveis, ela tivesse regressado ao conforto, à mesa farta que a espera, aqui em portugal...

eu sinto-me pequenina ao lado de tanta grandeza e sinto um orgulho enorme desta menina linda, que tem um coração do tamanho do mundo e que acolhe um mundo inteiro.

és grande, minha nani... és enorme!

ps. obrigada pelo teu carinho, minha linda... ainda hoje, sinto o teu abraço ♡

Sem comentários: